Garth Ennis nasceu em 16 de janeiro de 1970 (46 anos), na Irlanda do Norte. Seu primeiro trabalho com quadrinhos viria 19 anos depois, na aclamada antologia Crisis, revista irmã da famosa 2000 AD.Troubled Souls, seu roteiro ilustrado por John McCrea, contava a história de um jovem protestante da Irlanda do Norte, que mesmo sendo apolítico, se via envolvido com os conflitos que arrasavam sua região.

Ennis escreveu outras séries para a Crisis, sempre abordando questões de fé e religião, um tema recorrente em sua carreira. Não demorou para que seu talento o levasse a trabalhar com um dos personagens mais famosos da 2000 AD, o Juiz Dredd. Foi seu trabalho com Dredd que o levou aos EUA e à DC Comics, para a qual passou a escrever “Hellblazer” a partir de 1991. Ficou na revista por três anos, tornando-se o roteirista mais longevo de John Constantine.

Sua fase à frente de Hellblazer foi extremamente marcante e é adorada pelas fãs. Foi ele quem assinou o arco Hábitos Perigosos, considerado por muitos a melhor história do personagem, na qual Constantine engana o triunvirato que comanda o inferno para se livrar de um câncer de pulmão.

Ainda em Hellblazer, Ennis estabeleceria a parceria com o desenhista Steve Dillon. Juntos, os dois criaram a memorável série Preacher, que durou de 1995 até 2000 e lhe rendeu o prêmio Eisner de melhor escritor em 1998. Em Preacher, Ennis pôde destilar toda a sua ironia e humor negro, numa trama que envolvia anjos vingadores, demônios, vampiros, assassinos e Jesse Custer, um pastor em busca de Deus escondido entre os humanos.

Antes de Preacher, entretanto, novamente ao lado de John McCrea, Ennis foi responsável por dois anos das histórias da revista “The Demon” para a DC. Foi nela que criou o assassino mercenário com visão de raio-x Hitman. O personagem fez sucesso e ganhou uma revista que teve 60 edições assinadas por Garth Ennis entre 1996 e 2001.

Durante esse período, o norte-irlandês roteirizou ainda as HQs “Goddess”, “Bloody Mary”, “Unknown Soldier” e “Pride & Joy” para a DC/Vertigo, bem como as origens do “Darkness” para a Image e “Shadowman” para a Valiant Comics.

Após esse período na DC, Ennis foi para a concorrência na Marvel. Isso porque o editor-chefe Joe Quesada ofereceu um personagem que tinha a cara dele, Justiceiro, mais carta branca para fazer o que quisesse e pelo tempo que desejasse. Foi o pretexto para Ennis deixar a Irlanda e mudar-se para Nova York.

Sua passagem à frente do personagem foi revolucionária. Começou em 2000, com uma minissérie de 12 exemplares, seguida por uma série regular de 37, muitas delas ao lado do parceiro Steve Dillon. Em seguida, a revista mudou para o selo adulto MAX, deixando de ter qualquer tipo de censura.

A guerra também é tema recorrente no trabalho de Ennis. Dos outros materiais que escreveu para DC está a série de especiais Histórias de Guerra. Ele abordou o tema ainda em HQs como a minissérie Nascido para Matar, estrelada por Frank Castle antes de ser o Justiceiro, na Guerra do Vietnã, em “Thor: Vikings” e em uma série de outros projetos em várias editoras.

Atualmente, Ennis toca vários projetos simultâneos, como a série “The Boys” – uma paródia altamente controversa do universo dos super-heróis – pela Dynamite Entertainment. Além disso tem um site, que não é atualizado com frequência, o garthennis.net.

OBRAS:

Além de ter escrito arcos de histórias de personagens famosos como “Hellblazer”, “Darkness” e “Justiceiro”, Ennis também criou várias séries próprias de destaque, como “True Faith”, “Goddess”, “Troubled Souls”, “Crossed”, “Wormwood”, “Hitman” (em parceria com o também norte-irlandês John McCrea) e seu trabalho mais famoso e polêmico: Preacher.

1989 – Troubled Souls (Crisis), Time Files (2000 AD)
1990 – Suburban Hell, True Faith (Crisis)
1991 – Judge Dredd (JDM), Strontium Dogs (2000 AD), Hellblazer (DC)
1992 – Judge Dredd (JDM), Strontium Dogs (2000 AD), Hellblazer (DC),”And They Never Get Drunk but Stay Sober” (A1)
1993 – Judge Dredd (JDM), Srontium Dogs (2000 AD), The Demon, Hitman, Hellblazer (DC)
1994 – The Demon, Hitman, Hellblazer (DC)
1995 – The Demon, Hitman, Loaded, Preacher, Goddess (DC), Punisher (Marvel)
1996 – Hitman, Blood Mary, Preacher (DC), MedievalSpawn/Witchblade , The Darkness(Top Cow)
1997 – Hitman, Blood Mary, Batman: Legends of The Dark Knight, Hellblazer, Preacher, Unknow Soldiers, Pride and Joy (DC), The Darkness (Top Cow), Shadowman (Acclaim), Dicks (Caliber), Painkiller Jane vs. the Darkness: Stripper (Event)
1998 – Hitman, Hellblazer, Preacher (DC), The Darkness (Top Cow), Tales of Midnight (Blue Silver)
1999 – Hitman, Preacher, Flinch (DC), The Worm: The Longest Comic Strip in the World ( Slab O-concret)
2000 – Hitman, Preacher, Weid War Tales Special, Adventures in the Rifle Brigade (DC), Punisher (Marvel)
2001 – Hitman, War Histories (DC), Punisher, Hulk: Smash!, Spider Man: Tangled Web, Fury (Marvel), Just a Pigrim (Dynamite), Bart Simpson’s Treehouse of Horror (Bongo Comics), Star Wars Tales (Dark Horse)
2002 – War Histories (DC), Authority (Wildstorm), Punisher (Marvel), Bigger Dick’s (Avatar), Just a Pigrim (Dynamite), Star Wars Tales (Dark Horse), The Pro (Image)
2003 – War Histories (DC) Authority (Wildstorm), Punisher, Thor: Vikings (Marvel), X-mas Special (Avatar)
2004 – Authority (Wildstorm), 303 (Avatar)
2005 – Ghost Rider (Marvel), Winter Special, 303 (Avatar)
2006 – The Boys (Wildstorm), Ghost Rider (Marvel), Chronicles of Wormwood (Avatar), 7 Brothers (Virgin)
2007 – The Boys, Midnigther (Wildstorm),Chronicles of Wormwood, Streets of Glory (Avatar), 7 Brothers (Virgin)
2008 – War is Hell (Marvel), Crossed (Avatar), The Boys, Battlefields (Dynamite), Back to Brooklyn (Image), 7 Brothers (Virgin)
2009 – Crossed (Avatar), The Boys, Battlefields (Dynamite)
2010 – Crossed (Avatar), The Boys, Battlefields (Dynamite), CBLDF Presents: Liberty Comics (Image)
2011 – The Boys, Jeniffer Blood (Dynamite)
2012 – The Boys, The Shadow (Dynamite), Crossed (Avatar)
2013 – Crossed (Avatar), Red Team (Dynamite)
2014 – Crossed (Avatar)