O britânico Steve Dillon começou a mostrar seu talento como desenhista ainda na escola, mesmo que a tenha abandonado para trabalhar profissionalmente com quadrinhos. Aos 16 anos, desenhou a história principal de “Hulk Weekly” para o braço europeu da Marvel, a Marvel UK. Logo assumiu os quadrinhos periódicos do “Nick Fury” por aquelas paragens. Ainda no Reino Unido, durante a década de 1980, Dillon fez diversos trabalhos para as revistas “Warrior”, “Doctor Who Magazine” e, claro, para a 2000 AD. Nesse período, Dillon desenhou “Juiz Dredd”, “Laser Eraser and Pressbutton”, “Marvelman” (na antologia Warrior, em história com roteiro de Alan Moore), “Rogue Trooper” e vários outros personagens.

Já na década de 1990, em parceria com Garth Ennis, Dillon foi responsável por uma das grandes fases de John Constantine na revista “Hellblazer”, um dos carros-chefe da Vertigo. Entre 1992 e 1994, os dois criaram sagas que até hoje fazem parte do que a série tem de parâmetro de qualidade. Ao deixar Hellblazer, Ennis e Dillon criaram uma das mais aclamadas séries do selo Vertigo: Preacher. O estilo dilloniano de desenhos limpos e aparentemente simples, mas detalhistas quando necessário, funcionava bem com a narrativa irônica do escocês. As expressões marcantes conferidas aos personagens ditavam o clima da HQ.

O resultado foi que Preacher, que carregava o selo Vertigo entre 1995 e 2000, teve 66 edições regulares, mais 5 especiais e uma minissérie em 4 edições. Dillon desenhou e arte-finalizou sozinho quase toda a saga. A parceria dos dois deu tão certo que Ennis e Dillon ainda trabalharam juntos em outros projetos como “Justiceiro”, pelo selo de quadrinhos adultos da Marvel, o Marvel Max.

Dillon acabou fazendo mais trabalhos para o selo, como a minissérie “Falcão Noturno”, além de ter entrado no Universo Marvel tradicional desenhando a série “Wolverine – Origens” e as minisséries “Bullseye: Greatest Hits” e “Punisher vs. Bullseye”, todos estes trabalhos em parceria com o escritor Daniel Way. Steve Dillon mora na Irlanda com a mulher e seus dois filhos.

Trabalhos de Destaque de Steve Dillon:

2000 AD, Doctor Who Magazine, Warrior.